Sonhos

Dizia a lenda que um dia uma criança parou diante de um sábio mestre e perguntou-lhe: “Qual o tamanho do universo?” Acariciando-lhe a cabeça, o sábio suspirou, olhou para o horizonte e respondeu que o universo tem o tamanho do seu mundo. A criança ainda insatisfeita disse: “Mas que tamanho tem o meu mundo?”

E o sábio lhe disse: “Tem o tamanho dos seus sonhos.”

Eu ainda arriscaria dizer que sem os sonhos morreríamos, são eles que movem os seres humanos.

Sonhar é viver e a maior satisfação da vida é lutar e se empenhar na realização dos sonhos. E a maior frustração é desistir de um sonho, além disso que não lutar por seus sonhos acaba virando coadjuvante dos sonhos dos outros. Assim como os músculos do corpo, para realizar sonhos é preciso exercitá-los ou eles aos poucos vão se atrofiando e ficando cada vez mais flácidos.

Os sonhos se assemelham às plantas, necessitam de muita atenção, alimento, adubo, luz, sonhos e principalmente tempo para florirem.

E não é fácil realizar sonhos, por isso muitos desistem, exige muita disciplina, planejamento, fé, perseverança e muita força de vontade, por isso contesto o ditado popular “sonhar não custa nada”, custa sim, mas vale a pena.

A realização de um sonho é como um nascimento de um filho, assim como sonhou Santos Dumont, pai da aviação, Bill Gates, Isac Newton.

Imaginem de onde vieram a eletricidade, a internet e toda a evolução que temos hoje… Vieram de um sonho…

E hoje todos estamos aqui, no CEM, porque fazemos parte de um sonho…

Um sonho que completa 30 anos que se concretizou… O sonho da nossa diretora Cláudia Chagas, que começou com o bebê Margaridinha e hoje, o nosso grande CEM.

E vocês fazem parte das linhas dessa história porque um dia sonharam e o maior sonho de vocês está aqui, aliás tem sonho mais lindo que a chegada de um filho?

A equipe CEM preparou uma linda festa para as mães.

A comemoração do Dia das Mães no CEM foi emocionante. Lembramos da realização de SONHOS e deixamos claro que sonhos têm que estar presentes em nossas vidas.

Abrimos a comemoração com um momento muito especial, que foi apresentado pela professora Vivian e seus filhos.

Os sonhos das mães, seus filhos, brilharam nas belíssimas apresentações.

Fechamos com um vídeo dos alunos cantando a música “Avião sem asas” que fez muita mãe chorar.

Chorar de alegria, de emoção, de ver seu sonho de mãe realizado.

Feliz Dia das Mães!